Associado

Logo

Dicas e informações: o pontapé inicial para fazer um intercâmbio

A maioria das pessoas já desejou sair de sua zona de conforto para adquirir experiências novas, vislumbrar diferentes paisagens e conhecer novas culturas, onde o intercâmbio se mostra uma das melhores opções.
Mas para realizar este tipo de viagem, como conta o gestor da CI Intercâmbio e Viagem Danilo Monteiro Gonçalvez, é necessário que haja um sólido planejamento. “Após decidir o destino e período de estadia, o próximo passo é montar o roteiro daquilo que deseja conhecer no país visitado”, explica.

No caso do intercâmbio para estudos, toda a parte burocrática gira em torno da escola em que estará matriculado. “Nós solicitamos a matrícula para a escola em que a pessoa irá frequentar, e normalmente após 10 dias temos o retorno se há a vaga no período solicitado. Com o curso comprado é a hora de solicitar o visto, e só depois é feita a compra da passagem aérea”, aponta o gestor.

Entre as mais diversas opções de destino, segundo Gonçalvez, o Canadá está sendo o mais procurado. “O Canadá é uma das opções para estudos. Para aqueles que procuram o estudo e o trabalho, a Irlanda se mostra mais viável, uma vez que o tempo mínimo de permanência é de 25 semanas e sai mais em conta do que outras opções, onde a permanência mínima é de 14 semanas. Além disso, a Irlanda não exige visto para este tipo de viagem”, esclarece. 

Antes de fechar um contrato com qualquer agência de intercâmbio, o gestor da CI ressalta que deve-se ficar atento ao seu know how, pesquisar a qualidade das escolas que são oferecidas, condições gerais do programa etc. “Além disso, a pessoa que opta por fazer um intercâmbio deve estar disposta a conhecer uma cultura diferente, e aproveitar esta oportunidade para mergulhar de cabeça nesta experiência totalmente nova”, finaliza.