Associado

Logo

Segurança na Internet - um guia básico para empreendedores

Conheça as principais recomendações para proteger os computadores das pequenas empresas

Para quem já nasceu no mundo online, a segurança na internet pode parecer algo banal. É como crescer numa cidade com altos índices de furtos – é ensinado desde criança para onde olhar e como agir para evitar roubos

E-mails 
Apesar de existirem diversos meios de comunicação dentro da internet, o e-mail é o mais utilizado pelas empresas. Por isso, esse é um dos pontos que está mais suscetível a ataques de pessoas mal intencionadas. É muito comum que os conteúdos anexados nas mensagens eletrônicas tragam escondidos vírus. Ao abrir esses arquivos um programa malicioso se instala no computador e pode ser responsáveis pelo roubo de dados. A regra de ouro é não abra e-mails e anexos de pessoas desconhecidas e desconfie de e-mails de remetentes onhecidos que tragam um conteúdo estranho, como imagens e arquivos não solicitados.

Senhas
As senhas são um ponto sensível para segurança de todos que trafegam pela internet. As empresas devem evitar o compartilhamento destes dados. Caso seja realmente necessário, é importante garantir que os computadores mantenham um registro dos acessos. Dessa forma, é possível saber quem está acessando e com qual finalidade. Outro caso em que deve ser modificada rapidamente é quando o usuário utilizar a mesma senha para diversos fins e desconfiar que ela tenha sido descoberta. A alteração deve ser feita também se um computador for furtado ou perdido. Ao adquirir equipamentos acessíveis via rede, como roteadores Wi-Fi, dispositivos bluetooth , entre outros, é importante ter cuidado. Muitos desses aparelhos são configurados de fábrica com uma senha padrão, facilmente obtida, e por isso, devem ser modificadas. 

Transações Bancárias 
Os computadores usados para efetuar transações bancárias nas contas da empresa merecem uma atenção especial. Eles devem ter atualização prioritária do sistema operacional e do antivírus, regras de firewall que impeçam o acesso por outros funcionários e uso restrito para esse tipo de operação. Além disso, os bancos costumam oferecer recursos adicionais de segurança para contas bancárias de empresas, como o uso de certificados digitais e tokens. Há também a possibilidade de definir perfis de acesso e a necessidade de múltiplas aprovações para a transação. 

Fonte: DComércio