Home

Associado

Logo

Qual o papel do marketing e da publicidade para uma empresa?

É difícil datar com precisão o surgimento da publicidade, uma vez que há relatos deste modo de comunicar-se há séculos atrás. Desde a criação da escrita, na antiguidade, a necessidade do ser humano em se expressar de forma ampla e efetiva já se fazia presente, fosse para os líderes anunciarem alguma decisão ou notícia, ou para a venda e compra de bens.

Hoje esta “ferramenta” é utilizada principalmente por empresas, e segundo Leandro Moreira de Oliveira, diretor de atendimento da Market-in, por trás da publicidade encontra-se nada mais que a própria essência do marketing. “Ele [o marketing] pode trabalhar de diversas formas, seja dentro ou fora de uma empresa. Internamente pode ser através da comunicação entre funcionários, chamado endomarketing; e a comunicação entre empresa e seus clientes, que é a comunicação externa. Tudo depende da vertente que se irá trabalhar”. A comunicação e as ações que serão desenvolvidas devem evolver toda a equipe, de todos os setores da empresa, com os colaboradores preparados e com o básico do conhecimento de todos os processos, pois só assim os planos propostos serão 100% aproveitados.

O marketing caminha por diversas áreas, desde um trabalho interno até mesmo a venda e até o pós-venda. “Primeiro de tudo, ele ajuda a entender o mercado e o perfil do cliente com o qual se irá trabalhar. Ao entender estes dois pontos, é possível que a empresa ou profissional contratado consigam traçar uma estratégia, com foco no resultado desejado. As estratégias de nicho de mercado, hoje em dia, estão se mostrando muito mais eficazes do que ações que tentam atingir o público de modo geral”, conta Oliveira. 

É preciso muito cuidado na hora de contratar uma empresa que preste este tipo de serviço, pois caso esta não esteja preparada para montar esta estratégia, o prejuízo pode ser muito maior do que se pensa. “Deve-se estar atento a alguns pontos, como se a empresa oferece o estudo de perfil de cliente e se estão atualizados com o mercado; o histórico de entidades atendidas por este profissional ou agência; e as ferramentas que este irá utilizar dentro da estratégia proposta”, explica o diretor de atendimento da Market-in. 

Por fim, com o crescente aumento da concorrência a tendência é que o empresário adapte seu negócio ao cliente, e não o contrário. O acesso a diversos lugares que oferecem o mesmo tipo de produto tornou a fidelização de consumidores algo muito mais complexo, e o marketing e a publicidade se bem estabelecidos previamente, são ferramentas de extrema importância principalmente em momentos de crise.