ACIL apoia campanha Jogando Junto Pela Água

09/09/2021

Projeto iniciado pela BRK Ambiental procura informar a população sobre a necessidade de tornar o consumo de água mais consciente 

A BRK Ambiental, com apoio da ACIL, realiza a campanha “Jogando junto pela água”, que visa conscientizar a população de Limeira sobre a importância da economia e uso responsável da água, principalmente nos meses de estiagem.

A região passa por um período de grande baixa dos níveis dos mananciais de captação de água. Por este motivo, a Prefeitura Municipal criou a “Comissão de Avaliação e Acompanhamento da Crise de Abastecimento de Água de Limeira”, a qual a Associação foi convidada para fazer parte.

O objetivo principal da comissão nesse momento é levar o máximo de informações para a comunidade, assim como fazer análises técnicas e simulações na busca de medidas eficazes para evitar o desabastecimento de água na cidade, o que afetaria milhares de famílias e empresas limeirenses.

Consumo em alta e mananciais de captação em estado de atenção

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), a recomendação média do consumo diário de água é de 110 litros por pessoa. No Brasil, o consumo médio por pessoa é de 154 litros, com variações de acordo com o estado e classe social, por exemplo. Em Limeira, o consumo diário por habitante é de 180 litros; acima da média nacional e da região sudeste.

Esta demanda tem aumentado a cada ano, em contra partida a sua disponibilidade tem diminuído. A água é um recurso finito, e o desperdício e o consumo em excesso tornam a sua utilização consciente um tema importante e que tem sido debatido em todos os países.

Nas últimas semanas, em Limeira, uma das principais preocupações tem sido o baixo nível dos mananciais, o Rio Jaguari e o Ribeirão Pinhal, que são utilizados para suprir as necessidades de abastecimento do município.

Segundo dados fornecidos pela BRK Ambiental, o Rio Jaguari precisa de pelo menos 1,0 m³/s como o mínimo necessário para captação, e atualmente, está com vazão de 3,0m³/s. Já o Ribeirão Pinhal está com 65% da capacidade atual na barragem Salto do Lobo, e o mínimo necessário para captação é de 60%.

Um dos principais fatores que determinam o nível dos mananciais são as chuvas, que estão consideravelmente baixas desde o início do ano.

Em Limeira, por exemplo, o primeiro semestre deste ano terminou com o mais baixo volume de chuvas registrado desde 2014, ano da pior crise hídrica vivenciada na região sudeste. Desde o início do ano, de janeiro a julho, a cidade tem um acumulado de 579 milímetros de chuva, de acordo com dados do monitoramento pluviométrico do rio Jaguari, responsável pela captação da água que abastece a cidade, e da Estação de Tratamento de Água (ETA) do município. O volume acumulado de chuvas neste ano é 24% inferior ao do mesmo período em 2020, quando foram registrados 758 milímetros. Em 2021, já foram seis meses consecutivos com o volume de chuvas abaixo das médias climatológicas históricas. Dessa forma, a população precisa repensar o consumo de água e utilizar de forma consciente.

Informação como solução

Por isso, para auxiliar na disseminação de boas práticas para o uso da água, a BRK Ambiental preparou um amplo material de divulgação e informação com dicas sobre tornar o consumo mais eficiente, que é a campanha “Jogando junto pela água”, que a ACIL está apoiando.

Além de evitar o desperdício com ações simples, o limeirense também irá sentir esta economia no final do mês com a diminuição de sua conta. “Contamos com o apoio de todos para evitar a falta de água em Limeira. Se cada um fizer a sua parte, é possível diminuir o consumo e assim garantir o nosso abastecimento normal até que este período de estiagem termine, e nossos mananciais voltem aos seus níveis normais”, acrescenta o presidente da ACIL, José Mário Bozza Gazzetta.

“A BRK Ambiental espera que a população participe ativamente da campanha Jogando junto pela água, tendo assim atitudes conscientes com relação ao uso e ao consumo. Com essa ação, buscamos levar esclarecimento e conscientização à comunidade limeirense, e esperamos contar com o apoio de todos com mudanças de hábitos necessárias e de forma prioritária nestes meses em que a estiagem tende a se agravar. E, contar com a parceria da ACIL nesta campanha, será fundamental para a disseminação das informações e efetividade da ação”, explica Rodrigo Dias, diretor de operações da BRK Ambiental.

Em caso de emergências, como vazamentos ou outras situações relacionadas ao sistema de água e esgoto da rede pública, a população pode entrar em contato com a concessionária BRK Ambiental pelo telefone 0800-771-0001, com atendimento 24 horas. Em horário comercial, o contato também pode ser feito por WhatsApp, pelo (11) 9 9988-0001.

Dicas para o dia a dia

Banho – Tome banhos rápidos, com o registro desligado na hora de ensaboar o corpo. Um chuveiro aberto gasta 16 litros de água por minuto, ou seja, em um banho de 10 minutos o consumo pode chegar a 160 litros de água por pessoa.

Lavar o carro – Utilize um balde com água e sabão para fazer a lavagem do carro e acessórios, assim como para o enxague, evitando o uso da mangueira. Uma mangueira ligada por 15 minutos consome, em média, 180 litros de água.

Higiene pessoal – Feche a torneira para fazer a escovação dos dentes, barba ou limpeza de pele e mantenha-as com a manutenção em dia para evitar vazamentos.

Lavar a louça – Jogue fora os restos de alimento e organize a louça antes de iniciar a lavagem. Isso evita que a sobra de comida grude nos utensílios, torna a lavagem um processo mais rápido, dá mais espaço na hora de organizar as peças maiores e consequentemente diminui o tempo e quantia de água necessária para a limpeza.

Calçada – Evite o uso de mangueira para a limpeza de calçada e quintal. Para isso, faça uso de uma vassoura, pá e pano e economize até 18 litros de água por minuto.

Lavar roupas – Junte o máximo possível de peças de roupa para realizar a lavagem na máquina ou tanque, pois assim a quantia de água utilizada é menor. Outra dica é reaproveitar esta água para fazer a limpeza do quintal, por exemplo.

“Neste momento temos que unir esforços e agir com atenção especial para o consumo sustentável da água, sem desperdícios. A participação da comunidade nesse contexto é fundamental para evitar o agravamento de medidas mais restritivas ao consumo. Numa referência ao tema da campanha, digo que estamos todos ‘convocados’ para um grande time que joga pelo bem-estar de todos nesta atual estiagem”, comenta Dias.

tags: brk, agua, economia, acil, limeira, chuvas