Filtro ou purificador de água?

O ser humano assim como a maior parte dos vertebrados possui até 80% de seu organismo composto por água. É através do líquido que produzimos as enzimas necessárias para a manutenção de nossos órgãos e tecidos. Mesmo que involuntariamente, o organismo do homem perde cerca de dois litros de água por dia, seja através do suor urina ou pelos processos de digestão e resfriamento do corpo.

Portanto é de extrema importância que seja reposto todo o líquido perdido, para que não haja complicações no organismo. O assessor de comunicação da Filtros e Purificadores Europa,  Luis Carlos Pierre, conta que não basta ingerir o líquido, ele também precisa ser de qualidade. “Existem muitas diferenças de um tipo de água para outra. Existe a água com mais ou menos PH, água alcalina, água mais ácida, com sais minerais etc.”, conta ele. Muitos destes tipos de água trazem danos e são nocivos para o ser humano, e é ai que entra o papel de um filtro ou purificador de água. 

Filtros

Os filtros de água são os de funcionamento mais simples. Normalmente são compostos apenas de uma vela central, que retém partículas de impurezas quando a água passa por ela. Muitos deles possuem um preço mais em conta se comparado a um purificador, além de terem a vantagem de não utilizar energia elétrica.

Mas não são todos os filtros que possuem a mesma qualidade. Os filtros recebem uma classificação numérica, quanto mais próximo do número 1, melhor sua qualidade como elemento filtrante. “Muitos destes filtros possuem polipropileno como ele­mento filtrante. O polipropileno é um tipo de plástico em forma de pó, que serve para filtrar as impurezas sólidas que acompanham a água”, conta Pierre. 

Na Filtros e Purificadores Europa, os elementos filtrantes são naturais, garantindo classificação nível “um” para seus filtros. No lugar do polipropileno, eles utilizam o quartzo que filtra a água retendo pedras e outros minérios. Também utilizam a dolomita, que ajuda a reter ainda mais resíduos, além de liberar cálcio e magnésio na água. O cálcio é responsável pelo fortalecimento dos ossos, e o magnésio pelo funcionamento dos órgãos e da flora intestinal.

Além destes elementos, os filtros devem possuir uma camada de carvão ativado. “Ele é um elemento encontrado em todos os produtos. É responsável por retirar o cloro e outros produtos químicos, que são utilizados no tratamento de água”, acrescenta o assessor. Na Europa, eles utilizam em média de 11 à 25 cm² de carvão ativado, o que é cinco vezes maior do que a quantidade utilizada em outras marcas, o que garante uma água mais pura para o consumidor. Impregnado ao carvão existe a prata coloidal, que serve para inibir a proliferação de bactérias. 

Purificadores

Os purificadores de água são equipamentos mais completos. Além da filtragem de resíduos presentes, o purificador faz o tratamento da água destruindo bactérias e microrganismos que possam ser nocivos ao organismo. Estes recebem uma classificação de qualidade, que assim como o filtro, quanto mais próxima da classificação “1”, melhor sua qualidade.

O tratamento de água realizado pelos purificadores é feito através de câmaras especiais, com tecnologia que utiliza de elementos filtrantes para o tratamento da água. Alguns utilizam, por exemplo, lâmpadas especiais que emitem luz ultravioleta, que destrói as bactérias entre outros malefícios que podem estar presentes na água.

A Filtros e Purificadores Europa ainda disponibiliza para seu consumidor, um elemento chamado Módulo Retentor de Bactérias (MRB). Este tipo de filtro é feito de um material com micro orifícios, que são menores que um fio de cabelo. “Ele é colocado no final de todo o processo de filtragem ou purificação, e a água ao passar por ele, tem qualquer vestígio de bactérias ou materiais microscópios retirados, garantindo ainda mais a pureza da água”, diz Pierre.

A escolha pelo filtro ou purificador de água vai de acordo com a necessidade de cada pessoa. No mercado existem modelos elétricos, automatizados, com dispensor de água gelada, água gelada e quente etc. Porém todos precisam passar por uma manutenção, e isto varia de acordo com o seu uso, mas em média a cada 12 meses é necessário realizar a troca de todas as peças filtrantes, pois estes são descartáveis e não podem ser limpos e reutilizados.