Sala do Microemprendedor já está em funcionamento na ACIL

O Microempreendedor Individual (MEI) tem se tornado uma solução para a grande maioria dos brasileiros, que de alguma forma precisam contornar a instabilidade econômica que tem assolado o País. A ACIL apoia este novo empreendedor e enxerga sua força para a retomada da economia brasileira, e por essa razão criou um novo departamento que trará uma gama de serviços exclusivos para este setor.

Formalização

Uma das opções encontradas por quem procurar o novo departamento será a possibilidade de formalizar sua empresa, realizando a abertura do MEI sem complicações com o auxílio da ACIL. O empreendedor terá à sua disposição profissionais preparados, que realizarão a abertura correta de acordo com o ramo do seu negócio, orientando-o em todas as etapas desse processo.

Ao realizar a formalização de MEI, o empreendedor já estará apto para tornar-se um associado da ACIL. Como associado, ele poderá utilizar todos os outros serviços disponíveis e que podem ser conferidos no site www.acillimeira.com.br, assim como ter acesso a:

• Informação - Este novo empresário, se associado da ACIL, também poderá sanar dúvidas e encontrar informações de como realizar a impressão da DAS (que é uma abreviação para Documento de Arrecadação do Simples Nacional), saber sobre a inclusão de novas subatividades dentro de sua atuação, alteração de dados, encerramento da empresa, entre outros assuntos.

• Capacitação - O empreendedor poderá procurar a entidade para inscrever-se em capacitações, eventos e rodadas de negócios voltadas exclusivamente para o microempreendedor. “Diante de um cenário extremamente competitivo, estar atualizado e preparado para o mercado é essencial para garantir a sobrevivência e o crescimento dos negócios”, afirma o presidente da ACIL, José Mário Bozza Gazzetta. Este trabalho é organizado pela própria Entidade, em parceria com outras instituições como o Sebrae Aqui e Prefeitura Municipal.

• Como utilizar - Para poder utilizar os serviços do novo departamento, os potenciais empreendedores devem procurar a ACIL com CPF, RG, Título de Eleitor, comprovante de residência e comercial (se for estabelecido), carnê de IPTU, recibo de Imposto de Renda (se tiver) e número de celular ativo, ou então com seu CNPJ em caso de já serem formalizados.

O empreendedor que procurar a instituição receberá uma cartilha, com várias informações sobre o MEI, que vão desde explicações sobre o início das atividades, obrigações do Microempreendedor, dúvidas frequentes, entre outras coisas.

Além disso, o MEI que se tornar um associado poderá se cadastrar na lista de transmissão do WhattsApp Business da ACIL, onde receberá lembretes de datas como a de declaração mensal, informações e dicas para o seu dia a dia empresarial.

O atendimento para o Microempreendedor Individual é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30 na sede da ACIL. Mais informações através do e-mail [email protected] ou do telefone (19) 3404-4927.