Unimed divulga informações sobre COVID-19 para empresários

A Unimed Limeira divulgou recentemente que, devido ao aumento dos casos registrados na região, as empresas estão buscando mais informações sobre o coronavírus. por isso, junto com o médico coordenador da SOU (Saúde Ocupacional Unimed), Dr. Romeu Calil Júnior, divulgaram uma série de informações orientando empresas e os trabalhadores, para que fiquem atentos com as ações de prevenção, especialmente com a flexibilização e o retorno gradativo das equipes ao ambiente de trabalho.

Segundo o médico, desde a casa do trabalhador, no transporte, vestiário da empresa, tudo precisa ser revisto. Dr. Romeu destaca que manter o distanciamento, usar máscara, lavar as mãos frequentemente, higienizar com álcool em gel e não compartilhar objetos são alguns cuidados que fazem toda diferença.

“São atitudes simples do dia a dia que são funcionais e previnem a contaminação. Mas nem sempre são seguidas, falta respeito às regras”, afirma. Entre os locais críticos, ele aponta o refeitório e explica que este é um ambiente onde as pessoas tiram a máscara para se alimentar e muitas vezes conversam, riem e ficam próximas.

“Uma ferramenta importante é ter a informação correta consultando a Portaria Conjunta Nº20 e seguir as orientações passadas por profissionais da saúde. As empresas estão nos procurando para receber orientações que são divulgadas aos funcionários”, ressalta Dr. Romeu.

Seguindo a portaria Conjunta Nº 20, entre as orientações estão:

Utilização de máscara de tecido em todos os colaboradores ou EPI (para setores que o uso é obrigatório o EPI);

Manter os locais ventilados. Se não for possível ventilação natural, atentar-se para a limpeza do ar condicionado;

Evitar a aglomeração de funcionários em áreas comuns como refeitórios, locais de descanso, banheiros e outros;

Todos devem manter distanciamento uns dos outros de no mínimo 1,5 metros, principalmente nos setores de trabalho;

Caso a empresa consiga, deve adotar revezamento de horário, manter mesmo grupo de pessoas que tenham contato para horários de refeição, redução de cadeiras, e contato de funcionários de um setor para outro;

Não compartilhar utensílios, ferramentas e objetos em geral;

Medidas de higiene já existentes, como limpeza das superfícies, lavagem das mãos e utilização de álcool em gel;

Colaboradores devem informar caso apresentem sintomas gripais e procurar atendimento médico para avaliação;

Em caso de atestado, o funcionário que ainda não estiver se sentindo bem e estiver no último dia do atestado deve voltar ao médico assistente e informá-lo;

Reforçar sempre com todos os trabalhadores o uso obrigatório de máscaras, asseio de higiene com as mãos, e informar caso apresentem sintomas gripais.

tags: Coronavirus, Flexibilizaçao, Informaçoes, COVID-19, Empresas