Home

Associado

Logo

Cinomose: entenda a doença que tem a mais alta taxa de mortalidade dos cães

A cinomose atinge exclusivamente os cães. Ela é um vírus do tipo oportunista, pois atinge principalmente os animais que estejam com seu sistema imunológico baixo ou afetado de alguma forma, o que geralmente ocorre nos filhotes ou naqueles que estão em uma fase mais adulta. Por este motivo, esta possui uma grande taxa de mortalidade.
A doença causa diversas alterações no organismo do animal, e como explicam os médicos veterinários Paulo Francisco Navarri Junior e Paula Carolina Navarri, da Diag & Veg Laboratório de Análises Clínicas, ela varia de acordo com o sistema que atinge. “No sistema respiratório ela pode causar pneumonia, secreção nasal, tosse; no digestório ela causa vômito, diarreia, falta de apetite; e caso atinja a parte neurológica ela pode causar convulsões, mioclonia (que são como ‘tiques’ nervosos, tremores) e perda de movimentos”, contam.

Tratamento 

Por ter sintomas que podem aparecer em qualquer outra doença respiratória ou neurológica, o médico veterinário Paulo Eduardo Baraldi da policlínica veterinária Estima, explica que a melhor coisa é levar o animal para um veterinário, para que ele possa indicar um exame sanguíneo ou qualquer outro que possa indicar a doença. “A população precisa se conscientizar, e assumir a posse-responsável de seu pet adotado”, acrescenta o veterinário.
O vírus da cinomose é extremamente resistente em ambientes secos e frios, podendo sobreviver em lugares quentes por até um mês. “O tratamento neste caso é a prevenção. Deve-se levar o cão para o profissional veterinário desde filhote, para que ele dê inicio ao protocolo de três doses. Após isto serão aplicadas doses de reforço anualmente no animal”, explica Baraldi. Seguindo corretamente a carteira de vacinação do animal de estimação, evita-se não apenas a cinomose como várias outras doenças que podem levar o pet à óbito. Por isso a prevenção não é apenas um sinal de saúde para o animal, mas também um gesto de amor de seus cuidadores.